terça-feira, 22 de junho de 2010

Laucian Aramilis

Pessoal, envio abaixo a história do Laucian. Peço palpite para todos para melhorá-la!


Filho de Guzian e Valanthe, Laucian nasceu no ano de 1298 CV, nas florestas de Sherwin e pertencente ao clã Vanyar com aproximadamente 170 elfos. Guzian Aramilis era um druida de posto superior da ordem Tabepuya.
As florestas de Sherwin, estão localizadas dentro do reino de Folkerran, e por este motivo Guzian sempre freqüentou a cidade, apesar de não se sentir confortável ali. Era um profundo conhecedor das plantas da região e estudioso na área do herbarismo, descobriu que uma creme feito de Comiun, uma erva muito rara, encontrada principalmente em locais de matas muito fechadas e de difícil acesso, poderia diminuir o tempo de cicatrização em ferimentos de corte. Porém Guzian utilizava dos benefícios desta descoberta apenas para seu clã.
O mais velho de três irmãos, Laucian sempre teve uma maior senso de justiça, aptidão para para artes mágicas, e por este motivo Guzian passou todo seu conhecimento para ele. O ensinou como encontrar a erva e a extrair o ativo de Comiun. O ensinou a empunhar uma espada. O ensinou a usar um escudo, a manejar um arco. O ensinou que sempre existe algo a mais do que os olhos podem ver e imaginar.
Enialis Näilo, druida da ordem Tabepuya, sabendo do potencial de Laucian, o chama e o apresenta a esta sociedade druídica. Guzian, ao ver ali seu filho sendo apresentado como à sociedade, se envolve em uma mistura de sentimentos de alegria, medo, confiança e tristeza.
Ele sabe que para se fazer parte de uma comunidade druídica o iniciante deve participar de um ritual secreto que envolve testes e que nem todos sobrevivem. Laucian sobrevive.
Após um longo tempo de paz, os Orcs de Imsh invadiram as florestas de Sherwin o que resultou na chamada batalha de Imim Tata Enel (um, dois e três no idioma élfico), que durou 1 ano, 2 meses e 3 dias, onde ninguém saiu vitorioso, mas com conseqüências terríveis para os dois lados. Valanthe, mãe de Laucian foi levada pelos Orcs. Ivelioss e Quarion, irmão de Laucian sofreram graves ferimentos, mas estão vivos. Guzian e Laucian sofreram ferimentos leves.
Laucian carrega dentro de si um ensinamento de seu pai: “Responde aos pequenos insultos com desdém e aos grandes com vingança.” Após esta batalha Laucian tem apenas um objetivo: resgatar sua mãe das mãos dos Imsh, viva ou morta.
Laucian Aramilis hoje é druida da ordem Tabepuya, continua vivendo nas florestas de Sherwin. Em Folkerran, conheceu Derfel, um general do exército, para quem apresentou a poção de Comiun para ser utilizada pelo exército em suas guerras, porém em troca, pediu ao general que os guerreiros de Folkerran, auxiliassem os Elfos de Sherwin em uma possível batalha contra os Orcs de Imsh. Acordo fechado, os humanos de Folkerran e os Elfos de Sherwin, apesar de nunca terem batalhado entre si, convivem com um pouco mais de harmonia.
A cada aventura que participa, seja por solicitação de um integrante de posto superior da ordem dos druidas, seja por vontade própria, Laucian adquiri mais experiência para atingir seu único objetivo.
Como druida ele tenta não controlar a natureza, mas se tornar uno com ela e praticar uma conduta que deve seguir uma hierarquia de deveres:
- Curar a si mesmo;
- Curar a comunidade;
- Curar a Terra.
Pois se assim não fizer, não poderá ser chamado de druida.
Quanto a ser bom ou mal, Laucian é como a natureza que às vezes dá o alimento de cada dia, mas também pode destruir com a força da tempestade.

8 comentários:

  1. Mateusinho: vamos fazer uma campanha para o Firmo criar a FUNAI para sua tribo.

    Achei a história boa. Gostei do contexto. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Boa história Mateus, aproveitei e coloquei a imagem na postagem pra ficar padrão com os outros.

    ResponderExcluir
  3. Faltou a história da sua águia!

    ResponderExcluir
  4. Vitao... sou elfo e não indio... hehe
    Caroti... não quis colocar a águia no meio da história porque a cada 4 níveis posso trocar meu companheiro animal... ou seja... quando eu estiver no 9 nível vou ter um T-Rex... hehe

    ResponderExcluir
  5. Matheusinho, parabéns, muoto rica em detalhes...parabéns mesmo...vou ver se consigo aproveitar algo na minha história.
    abraços.
    parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Muito boa Mateusinho...
    ... vida longa aos elfos...

    ResponderExcluir
  7. Muito boa história Mateusinho. Show mesmo! Só tem um ponto fraco: da muita ênfase nessa racinha de frescos que sao os Elfos.

    Ps: fui obrigado pelo Moondog a colocar esta ultima frase, sob pena de ter sono!!!

    ResponderExcluir
  8. Tordek Moonwalk... ops Mooncat... ops Moondog...

    ResponderExcluir